O filhotinho chegou. E agora?

O cãozinho chegou ao seu novo lar! Que momento mais aguardado!  Mas… não demora muito,  cai a ficha que essa vidinha saltitante vai crescer, envelhecer e viver com você por mais ou menos 15 anos. O que é preciso fazer para que meu animalzinho de estimação não fique doente? Quais são as vacinas que devo dar a ele, qual é o tipo de alimentação mais adequada para o filhote? Como oferecer um ambiente apropriado para que ele se desenvolva sem problemas?

Dicas para quem acabou de trazer um filhote para casa

Ao adotar ou adquirir o cachorro é importante receber também a carteirinha de vacinação do pet, assinada por um veterinário. Só dessa forma é possível saber quais vacinas já foram aplicadas e quando foi feita a imunização.

O filhote com até quatro meses precisa tomar as seguintes vacinas: V8 e V10, contra doenças provocadas por vírus e parasitas; vacina contra Giárdia, protozoários que causam infecção no intestino delgado dos animais; e contra Taquibronquite. Depois de 129 dias de vida, deve-se dar a vacina contra a Raiva. Caso você não tenha certeza das vacinas, antes de tudo, leve o filhote ao veterinário para uma avaliação clínica.

Após as vacinas, é recomendável levá-lo para brincar em parques e até mesmo deixá-lo em uma creche para melhor socialização. Acostumando seu pet desde cedo ao convívio com amigos caninos na creche, no futuro será mais fácil para ele ficar hospedado em hotéis para cães sempre que você precisar viajar.

Outras preocupações têm a ver com os cuidados diários: alimentação, banhos, tosas. Tudo isso varia de acordo com a raça do cão. Em geral, no primeiro mês de vida é fundamental que o filhote se alimente com o leite materno. O início do desmame pode começar entre três e quatro semanas de vida, mas a transição para alimentos sólidos deve ser feita aos poucos. Procure comprar ração de boa qualidade (super premium) e verifique na embalagem do produto a indicação de quantidade para o porte do cachorro.

Quanto ao banho e tosa, evite durante a fase da amamentação. Depois disso, o espaçamento entre os banhos vai depender do tipo de pelagem, peça orientação ao veterinário ou a um especialista em pet shops como o AuAuMania.

Escrito por Equipe AuauMania
Nós, do Auaumania, temos um enorme prazer de cuidar do seu animalzinho. É isso mesmo, aquele amigo fiel que está com você para tudo. Desde 2002, a nossa equipe preza pela atenção especial ao seu melhor companheiro, e prioriza a sua satisfação como cliente; afinal de contas, é imprescindível que você sinta a segurança e o comprometimento que passamos com o nosso trabalho.

Comente!